10/29/2011

Zezé manda recado a Luciano durante o show

 “Eu vou cantar com você, você queira ou não

Zezé di Camargo se apresentou sozinho no Teatro Guaíra, em Curitiba, na noite desta sexta-feira (28), horas após seu irmão Luciano ter sido internado às pressas em circunstâncias até há pouco mal esclarecidas.

Logo após cantar duas músicas, Zezé conversou com público: “Tudo bem com vocês? Comigo mais ou menos. Vocês merecem com certeza essa explicação, pois vocês são os responsáveis pela nossa carreira”.
O cantor assumiu que teve uma briga com o irmão antes do show, e que Luciano, irritado, deixou o Teatro e seguiu para o hotel. Zezé entrou no palco enquanto a produção foi convencer Luciano a voltar. Luciano não só voltou, como subiu no palco e anunciou que não continuaria mais a dupla, o que segundo Zezé, foi uma “surpresa”.
Zezé também admitiu que Luciano estava tomando medicamentos para emagrecer, e disse não saber se o irmão misturou alguma bebida com os medicamentos ou se o próprio nervosismo, somado aos remédios, desencadeou uma reação mais grave.
Para encerrar, Zezé deixou claro que não tem intenção de se separar de Luciano. Segundo o cantor, foi tudo feito de cabeça quente, e as declarações de Luciano não deveriam ser consideradas. Zezé brincou dizendo que cantará com Luciano até formarem um quarteto, com duas enfermeiras acompanhando os dois.
O cantor encerrou a fala dando um recado a Luciano: “Eu vou cantar com você, você queira ou não. Sou seu irmão e te amo”.
Pouco mais de quinze minutos depois, Zezé começou a cantar “O Portão”, de Roberto Carlos. No final da canção, Zezé não se conteve, virou de costas para o público e chorou. O Teatro aplaudiu de pé.
O cantor justificou a emoção: “É um filme que passa na nossa cabeça. Vou dizer… é f***“.
No final do show, Zezé convidou Cleiton, backing vocal, para cantar “Saudade da minha terra” ao seu lado.
___
Na noite de ontem, após entrar no palco meia hora após Zezé, Luciano disse que não cantaria mais ao lado do irmão a partir de 2012. Após o “anúncio”, o show prosseguiu normalmente, com a presença do segunda voz. Ainda durante a apresentação, a equipe do cantor se manifestou via Twitter, dizendo as seguintes palavras:
Na manhã de hoje, outra surpresa: Luciano deu entrada na UTI do Hospital Santa Cruz, em Curitiba, às 9h. De acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital, o cantor teve um “desconforto por redução de potássio no sangue (hipocalemia aguda)”. Ainda de acordo com o boletim, o problema se deu após Luciano ingerir um diurético para controlar o inchaço nos braços e nas pernas.
A previsão é de que Luciano receba alta ainda no sábado.
___
Abaixo, a íntegra da declaração dada por Zezé no show:
“Tudo bem com vocês? Comigo mais ou menos. Vocês merecem com certeza essa explicação, pois vocês são os responsáveis pela nossa carreira. Ontem, no nosso show aqui, uma meia hora antes do show, eu tive uma discussão com meu irmão no camarim, coisa natural entre sócios, irmãos, seres humanos, e cada ser humano tem uma reação diante de uma situação.
A gente não pode exigir que um outro ser humano tenha a mesma reação que você. As pessoas não são iguais. Meu irmão, no ímpeto da discussão, acabou saindo do teatro e foi pro hotel. Como o show não pode atrasar, eu entrei sozinho.
Buscaram ele no hotel, e pra mina surpresa, ele entrou no palco e deu aquela declaração. A declaração, naquele momento, não deve ser considerada. Não falei com ele sobre esse assuno, mas por mim, Zezé di Camargo, eu vou cantar a vida toda ao lado dele.
Eu luto a vida inteira na música, e eu estou desde os 16 anos na música. Se era pra eu ser sucesso sozinho, eu teria feito antes de me unir com ele.
Meu irmão está sedado, ele emagreceu muito, estava tomando remédio pra isso. Não sei se ele misturou remédio com algo, ou a emoção pesou. Aí ele teve uma queda de potássio e teve de ser internado.
Eu não conversei após o show com ele, e pra minha surpresa, acordei com a notícia da internação. Ele estava sedado, não falei com ele no hospital, mas falei no ouvido dele que não adianta querer separar a dupla, pois onde ele for, eu vou atrás. E sem querer sensacionalismo, só acaba se ele quiser parar mesmo.
Da minha parte, eu desconsidero qualquer palavra que o Luciano disse pra mim. Foi um acidente de percurso. É a vida.
Nós vamos cantar juntos até formar um quarteto, nós dois com duas enfermeiras atrás.
Eu vou cantar com você, você queira ou não. Eu sou seu irmão e te amo.”