5/02/2012

Thiago fala sobre recuperação de Pedro e futuro da dupla


Na noite de ontem, dia 1º, conversei com o Thiago, primo do Pedro, sobre a atual situação de seu parceiro, sobre suas decisões profissionais envolvendo o nome da dupla, e a respeito do novo projeto que os primos estavam preparando.
Pedro e Thiago completam 10 anos de carreira em 2012, e entrariam em estúdio agora em maio para gravar o oitavo CD da carreira.
Thiago afirma estar confiante em relação a recuperação de Pedro, e diz que os boletins médicos têm deixado a família bastante esperançosa.
O cantor ainda defende seu tio Leonardo, criticado por não cancelar sua agenda de compromissos, e em momento algum cogita a possibilidade de que o primo não volte a cantar, ainda que não negue haver chances de se apresentar sozinho enquanto o parceiro se recupera.
___
-O que vocês da família conversam sobre a recuperação do Pedro? Qual sua expectativa diante dos últimos boletins médicos divulgados? 
Nós estamos conversando sobre tudo, somos muito conscientes de tudo o que está acontecendo. Eu acredito muito que o Pedro vai voltar bem e que essas dificuldades todas vão passar. Desde o acidente, todos os boletins que saíram foram positivos, mostraram alguma melhora. Apesar de ele ter outros problemas, o que mais nos preocupa é o edema no cérebro, mas as informações é de que essa situação melhora a cada dia.
-Como você se mantém informado sobre o estado de saúde dele?
Eu tento ficar perto o máximo possível, só saio pra resolver algum assunto pessoal. Todas nossas atenções estão concentradas na recuperação do Pedro. Eu tô conversando sempre com a Thais, esposa dele, com a minha tia Cida, mãe dele, e com minha tia Mariana (irmã de Leonardo). Todos da família ficam sempre na expectativa de um boletim novo, de uma notícia boa, então a gente se fala muito.
-O Leonardo tem recebido algumas críticas por não ter cancelado mais seus compromissos e por estar aparecendo bastante na televisão após o acidente. O que você pensa sobre isso?
Olha, tem aquele ditado que tudo que a gente fala pode ser usado contra a gente, mas enfim… meu tio não precisa provar mais nada pra ninguém, mas se eu ficar defendendo, vão falar que eu tô puxando o saco. Ele nunca precisou desse tipo de coisa pra se promover e não é agora que vai precisar. Ele é um dos artistas mais conhecidos e respeitados do Brasil, não tem nem o que comentar sobre esse tipo de crítica.
-Como fica sua vida profissional agora?
Tivemos que cancelar 3 shows no Nordeste após o acidente porque não tinha condições mesmo. No final do mês, nós temos um show marcado em Brasília, e ainda vamos conversar sobre o melhor a se fazer. Quando o Pedro acordar, estiver bem, nós vamos conversar se vale a pena eu encarar os compromissos sozinho ou não, mas claro que esse assunto não é a prioridade agora. Ele tá provando pra gente a cada dia que quer sair dessa, que tem força de vontade, então a gente tem que acreditar.
-Você pensa na possibilidade de que o Pedro possa não voltar a cantar?
Eu converso sobre tudo, como eu disse, a gente tem consciência de tudo o que está acontecendo. Sobre compromissos futuros, nós ainda vamos conversar, esperar o Pedro ficar bom pra gente decidir. Eu tenho certeza que o Pedro vai sair dessa e voltar a cantar. Nós havíamos terminado de escolher repertório pro novo projeto e já está tudo pronto pra entrar em estúdio. Agora é esperar ele ficar bem pra gente dar continuidade no que nós dois mais gostamos de fazer.
-O que é o projeto novo?
É um projeto novo, uma equipe nova. Nós estamos com um produtor de Uberlândia, o Junior Melo, que vai fazer o nosso CD. Nós tínhamos toda uma equipe em São Paulo, passamos por uma mudança e formamos uma equipe nova. Nós chegamos a gravar uma música pro novo projeto que foi lançada no início do ano, que se chama “Desisti de me enganar”.